Bolinha para os Lábios
Linda e cheia de curvas
Simples,gostoso e cheiroso
Vai rolar clássicos do cinema mundial de graça aqui em Rio das Ostras!! Começa esse sábado 23, ás 19 horas na Sala de Cinema da sede da Fundação de Cultura, no Centro.

O projeto Fã Cine vem resgatar importantes curtas-metragens, premiados ao longo das últimas décadas. Durante quatro sábados vai ter de tudo um pouco,passando pelo infantil, ação, suspense e terror…

Para abrir a programação teremos: Cinderela, Le Manoir du Diablle, Le Quatre Cents Quatre, O Homem com Cabeça de Borracha, A Lua a um metro e Viagem à Lua, produzidos pelo cineasta Maries Georges Jean Méliès.

Imagem MERAMENTE ilustrativa...Quem dera né?!

Imagem MERAMENTE ilustrativa…Quem dera né?!



Todos os filmes da programação têm os direitos autorais sob domínio público, baseando-se na lei nº 9.610, e não necessitam de autorizações especiais para exibição.

No dia 30 de maio vai ter “E o Vento Levou”! Quem vamos?! \o/ Depois no dia 6 de junho, “O Mágico de OZ”, e 13 “No Tempo das Diligências”.

Programinha cultural na faixa é sempre bom né?! =D

Fonte
IMG_7894
Ontem eu li esse post sobre 13 coisas que ninguém fala para uma adolescente gorda e adorei. Não me identifiquei com tudo, mas tenho certeza que se tivesse mais padrões de beleza reais, a formação da minha auto imagem teria sido bem diferente.
Não tenho uma história triste para contar da minha adolescência. Sempre fui gordinha, gorda, fofa e enorme. Acima disso, sempre fui cheia de personalidade e nunca me achei menor ou pior por estar acima do peso.
Na verdade eu nunca pensei muito nisso. Sempre me achei bem mais bonita que a maioria das meninas que eu conhecia, talvez por ter tido uma mãe, avó (materna), tios e primos que sempre me diziam o quanto eu era linda e me faziam ter sempre a auto-estima bem lá em cima.
Como nada é perfeito tinha um lado da família que sempre mandavam aquelas frases que toda a gorda detesta ouvir: “mas seu rosto é tão bonito” , “ninguém vai ter querer desse tamanho” , “ser gorda não é saudável” entre outras…
E eu? Eu ignorei esse povo e pensava ‘qual a dificuldade em gostar de mim do jeito que sou? Pra que me mudar?’.

Enquanto aos meus amigos, aahhhh meus amigos. Sempre estive rodeada dos melhores.
Me lembro apenas de 2 ocasiões que mexeram comigo.
Certa vez que uma menina que eu considerava parceira me chamou de gorda porque errei um saque durante a aula de vôlei.  Não recomendo a violência física, mas nesse dia eu catei a bola, e saquei de novo. Na cara dela. =)
Outra vez um rapaz do ensino médio me chamou de MARAvilha (piadinha que sempre ouvi muito por me chamar MARA Carolyne) e o amigo dele riu e balançou a cabeça fazendo que ‘não’. Cheguei bem pertinho dele e falei: posso não ser maravilhosa mas não preciso assoar meu nariz em um edredom (ele tinha uma napa estilo Luciano Huck). E nunca mais tive problema nenhum com insultos, risinhos e afins.

O que não quer dizer que tenha sido fácil me aceitar como sou. Decidi então fazer a minha lista de 10 coisas que eu falaria para uma adolescente acima do peso:

1- Você pode ficar com quem você quiser.  Não tem essa de que o carinha só pega as magras. Tem gosto para tudo. Saia, conheça gente nova. O mundo é muito maior que a sua escola. Eu conheci a minha maior paixão de adolescência no condomínio da minha casa de praia. E foi ele que me ensinou a ter muita auto-estima. Ele era (ainda é <3) uma das pessoas mais legais que eu já tinha conhecido, super gatinho, engraçado e fazia com que eu me sentisse incrivelmente desejada. Achava que ele não daria bola para mim, mas deu.  Hoje é um grande amigo. Inclusive, Lê, um beijo!

2- Não se esconda atrás de roupas largas. Use as roupas a seu favor. Elas têm o poder de valorizar os seus pontos fortes e esconder os fracos. Use e abuse de cores e acessórios. Isso vai ajudar a mostrar para o mundo a sua personalidade. Vai te dar mais confiança.

3- As pessoas da sua escola não importam tanto assim. Sei que quando o nosso mundo gira em torno do colégio, curso de inglês e casa é complicado imaginar que o mundo é maior que isso. Mas acredite, é! A opinião dessas pessoas não interfere no seu mundo. Elas não têm poder nenhum sob você.

4- Todo mundo tem problemas. As magras de mais queriam ter mais coxa, mais peito, mais bunda. As gostosonas acham que só olham para elas como objetos e que nunca serão levadas a sério. Os meninos se acham feios e desengonçados. Ninguém está satisfeito. E nessa época da vida essa sentença é ainda mais real. Então relaxa…

5- Emagrecer é uma opção e não a solução. Seus problemas não irão sumir quando o ponteiro da balança cair, ok? Essa você guarda para vida.

6- Não humilhe os outros para se sentir melhor. Vi muito isso acontecer e sei das consequências.  Vai por mim, depois que você cria juízo e entende o que fez, rola o maior peso na consciência. Todo mundo tem defeito. Ninguém é melhor ou pior do que ninguém por jogar isso na cara dos outros ou ficar tirando sarro.

7- Procure referências. Falei lá em cima que se eu tivesse acesso as informações que hoje temos com facilidade pela internet, minha vida teria sido mais fácil. Então aproveite que essa ferramenta agora é acessível para todo mundo e busque referencias. Alguém para você se inspirar e se sentir linda. Forme sua auto imagem com muito carinho, tenha um caso de amor eterno com o reflexo do espelho.

8- Dê valor para quem te valoriza. Nada de desprezar o nerd/feio/baixinho da turma que te acha linda, legal e cheirosa. Desprezar quem te quer bem é burrice. Se você não quer ficar com ele tudo bem, converse com ele na boa, explique seus motivos em particular para ele não se sentir mal. Esnobar seus fãs é falta de respeito, pode parecer cool fazer isso como as meninas populares dos filmes fazem, mas não é. É feio e dói. Ponha-se sempre no lugar do outro.

9- Cuide da sua saúde. Não sei como anda a saúde de todo mundo por aí. Mas eu fui uma adolescente super saudável, fazia academia, comia igual uma desesperada e não tinha nenhum problema. Tinha amiga magrinha com colesterol alto e outras taxas alteradas. Ou seja: peso não quer dizer nada quando o assunto é saúde. Claro que depois de 20 anos acima do peso a minha saúde gritou e tive que mudar. Então fica de olho nos exames, ta?!

10- Você pode ser o que quiser. Liberte-se. Vista-se com o seu estilo, não pense que tal tipo de roupa não pode ser usada por quem está gordo porque a revista tal disse, porque a blogueira não sei quem falou…  Esquece. Seja você. Se quiser emagrecer, vá em frente. Se não, tudo bem. Não limite-se. Essa é a fase da vida que você tem para cometer seus erros (sejam eles de moda, de estilo, de personalidade…).Crie seu caráter da melhor maneira possível. Experimente. Viva. Ria muito mais do que chore. E principalmente, lembre-se: VAI PASSAR.

Conselho bônus: O amor sempre chega. Ele vai acontecer para você. <3

Adorei pensar nesses conselhos. São coisas que ninguém me disse e que aprendi sozinha. Espero que alguém que esteja precisando desses conselhos leia isso e tenha dias melhores.

Amem-se! 
  Beijooooxx
Ideia genial que encontrei enquanto procurava umas dicas para fazer uma social em casa…



Uma taça alta, molho e chips (ou torradinhas- o que você quiser). Mais uma da série “como não pensei nisso antes?”!!

😀
Beijooxxx
Página 1 de 1712345...10...Última »