Ajudando a Relaxar
Criatividade é a alma do negócio
Ficando Calminha...
Quando eu tinha meus 11 anos sonhava em morar sozinha, quer dizer, morar com a minha melhor amiga. Tínhamos tudo planejado e claro que nada deu certo, até porque a amizade foi para o vinagre alguns poucos anos depois.

Mas aí comecei a pensar que deveria ajeitar minha vida para morar sozinha o quanto antes. Minha adolescência foi muito complicada, tive muitas brigas com meus pais e tinha certeza que só seria feliz longe deles.
Os anos passaram, a idade veio, a escola acabou a faculdade começou o emprego e eu finalmente tomei juízo. Voltei às boas com meus pais, porém a ideia de morar sozinha ainda era bem tentadora. Enquanto planejava com calma essa saída da casa dos meus pais conheci alguém e poucos meses depois (cinco para ser exata) estávamos casados, morando na casa dele. Ele alguns anos mais velho que eu, bom emprego e uma vida bem estável. Entrei de cabeça. E aqui estou.

Pois é, nada foi como eu planejei. Principalmente casar, nunca tive essa vontade. Nunca quis casar, eu queria morar sozinha. Agora moro ‘sozinha’ com meu marido. E isso é muito bom. Ok, agora eu sou independente e minha necessidade mudou. Quero ser livre mais do que independente.

Livre das cobranças da sociedade em cima do meu peso, do meu estilo de vida, do meu jeito de falar alto, do fato de querer esperar para ter filhos e curtir mais a vida a dois…

Ser independente é bom. Ser livre é melhor ainda. Meu marido me ajuda muito nessa busca pela liberdade cotidiana. É gostoso ter alguém do seu lado que te apoia em tudo que escolhe fazer, por mais maluco que possa parecer! =X

Então depois que passei dos meus 20 anos tanta coisa mudou em pouco tempo. Minha visão do que quero da vida ficou mais calma. Sem anseios imediatos. Hoje sou mais paciente e menos crítica comigo mesma. Meus objetivos são elásticos e não geram frustração se não forem alcançados. E isso é liberdade. Isso me faz feliz.

A independência que aquela menininha de 12 anos queria tanto chegou sem planos e aconteceu naturalmente. E por si só não trouxe tanta realização quanto ela imaginava.
A liberdade por outro lado sim, essa é uma linda que me abraça todo dia quando acordo.

O que é independência para vocês?? Me contem..


Acho as fairy lights super fofas e sempre dão um toque acolhedor ao ambiente. Sem falar que são alternativas super baratinhas na decoração.


Vejam que charmoso quando combinamos as fairy lights (luzes de fadas em uma tradução livre ou o nosso bom e velho ‘pisca-pisca‘) e bolinhas de ping-pong.



Estou doida para fazer algo parecido aqui em casa.
Quando estiver mais pertinho do natal as luzes ficaram mais fáceis de serem encontradas (e com maior variedade) aí só ir atrás das bolinhas.

Com outras bolinhas também fica uma graça:

Bolinhas de Fios de Tecido



Bolinhas de Arame



Existem várias ideias legais para usar o pisca-pisca na decoração seja da sua casa ou festa. Os pequenos pontos de luz criam uma atmosfera bacana e delicada. Use a sua criatividade e deixe as luzinhas o ano todo penduradas!

Quem já usa as fairy lights na decoração? Me mostra, mande fotos por email ou pelo facebook…
Beijos

A playlist desse mês ficou super eclética, mas uma delícia de ouvir.





Me contem o que andam escutando esses dias…


Beijoooos

Página 1 de 712345...Última »