Hospedagem em Paraty
Arte de Comer Bem
Coisas de Carol is Back!
Uma das minhas maquiadoras favoritas é a Linda Hallberg. Para quem ainda não conhece o trabalho dela, vale a pena conferir.

Essa é minha mais nova fonte de inspiração! Doida para reproduzir esta arte.



Sempre que tenho alguma festa ou evento, vou no blog dela e busco a inspiração adequada para o dia. E no canal do YouTube dela os vídeos são super simples e ela ensina de uma maneira bem fácil, já aprendi várias dicas boas com ela.

 

Links:


Youtube
Blog




Quem mais inspira você na hora de se arrumar? Compartilha com a gente!


Beijos!!

Para quem curte coisas bonitas com preços acessíveis o Morar Mais é uma ótima oportunidade. O evento nasceu em 2004 de uma situação comumente vivenciada por quem vai decorar a primeira casa. Como ter um lar aconchegante e sofisticado sem gastar quantias exorbitantes? Como encontrar profissionais qualificados, soluções criativas e idéias inovadoras, que pudessem ajudar a criar uma decoração de interiores ao mesmo tempo chique e acessível? Quanto custa esse sonho da casa decorada?

Após seis edições realizadas na Pequena Cruzada, na Lagoa, a mostra de decoração Morar Mais por Menos do Rio de Janeiro está de mudança para o início da Barra da Tijuca.

De 10 de setembro a 26 de outubro, a 11ª edição carioca ocupará uma casa de quatro andares, com dois pavimentos externos adicionais voltados para o quebra-mar onde começa a Avenida do Pepê. Com direito à piscina, deque sobre o mar e garagem náutica, a nova sede do Morar Mais traz outra novidade: será a primeira vez que um evento de decoração oferece acesso pelo mar aos visitantes adeptos de esportes aquáticos.

O visual de tirar o fôlego servirá, inclusive, de fonte de inspiração para arquitetos e decoradores explorarem em seus projetos não só o estilo de vida carioca à beira-mar – despojado, leve e colorido – como também as atividades esportivas mais praticadas ao ar livre na orla da cidade, como frescobol, ciclismo, surfe, stand up paddle, vôlei de praia etc.

Ao todo, serão 89 ambientes que somam 4.050 m², sendo 2.950 m² de área construída e 1.100 m² de área externa. Tudo isso sem abrir mão dos conceitos básicos do evento: fazer o chique caber no bolso com foco na sustentabilidade, na customização, na inclusão social, na brasilidade e em novas tecnologias.













O Morar Mais acontece em várias outras cidades do Brasil. Só entrar no site deles e ver a mais perto de onde você mora.

Link:


Site Morar Mais Brasil



Estou pensando em fazer um encontrinho com as leitoras no evento esse ano. Alguém se animaria a ir comigo? Me avisem para marcarmos então, tá?



Beijoooos!!!

 
Esse é meu primeiro post participando da blogagem coletiva do RotaRoots e achei esse tema uma delícia. Gente, AMO frio! Mas amo muito mesmo. Frio de verdade, neve, gelo, ossos doendo… Não sou maluca, juro. Mas funciono melhor no frio. Não sei o motivo e isso nem me incomoda.

Foto tirada pelo meu marido em Gramado



Resolvi falar do assunto porque muito além do que todo mundo normalmente faz no inverno (filminho, edredom, chocolate quente, fondue e vinho) gosto de fazer algumas coisinhas que nem sem sempre são lembradas.

1- Aproveitar o tempo um pouco mais seco para dar folga aos cabelos.


Como no inverno o tempo fica menos úmido, logo, menos frizz e menos volume. Então faço hidratação de 15 em 15 dias (nas outras estações faço toda semana), lavo dia sim- dia não, tento ao máximo não usar secador/chapinha/babyliss e pego bem mais leve no leave in/ silicone/óleo.  Assim o cabelo sofre menos, ‘respira’ mais, se regenera melhor dos danos causados pelo verão/sol/praia.

2- Fugir de lugares fechados.


Gente, tenho asma, bronquite e todas as alergias respiratórias do mundo. Lugar fechado é mortal para mim. Primeiro sinto uma profunda falta de ar quando não tem um ventilador ou uma janela aberta no local.  Um bom exemplo disso foi em lá em 2004/2005 quando teve um passeio da escola para Tiradentes- MG, fiquei em um quarto do hotel com mais três amigas (super amigas minhas, até hoje) e estava um frio danado e elas todas embrulhadas em milhões de cobertores. Pedi desculpa e liguei o ventilador de teto. No meio da madrugada uma delas tentou desligar enquanto eu dormia, acordei sem ar e liguei de novo.

~inclusive, desculpa por isso de novo Bibis, Thel e Taty~

Então aproveito que no frio basta colocar mais casacos (uma vez que no calor, sair de casa pelado é atentado ao pudor) e fujo dos lugares fechados, abafados e com cheiro de inhaca. E recomendo a mesma coisa para todo mundo com problemas respiratório.

3- Preparar o guarda roupa para o verão.


Aproveitando a máxima da procura e oferta, nessa época do ano roupas de banho, canga, protetor solar, barraca e cadeiras de praia ficam com os precinhos bem mais camaradas e dá para fazer uma boa economia para quando o verão chegar.

4- Conhecer lugares que ficam ainda melhores no inverno.


A serra gaúcha, os vales nevados no chile ou até mesmo os alpes suíços. Tudo fica super-romântico, bonito e convidativo nessa época do ano. Vale se programar, juntar um dinheiro e conhecer um lugar diferente.
Eu e marido já fizemos o tour pela serra gaúcha no inverno e foi maravilhoso.

5- Aproveitar para usar acessórios diferentes.


No inverno precisamos nos aquecer com roupas e acessórios, dependendo de onde você mora ou está visitando dá para usar luva, cachecol, gorro, guarda chuva e botas! O brasil não tem um inverno muito rigoroso então esses acessórios não estão na nossa rotina fashion, mas por que não ousar nas cores e modelos e sair um pouco do básico?! Acho incrível quando o modo de se vestir traduz a nossa personalidade e humor, acho válido como forma de se expressar!

Bom, meu inverno sempre tem essas cinco coisinhas ae da lista. Mas claro que também tem filminho, debaixo do edredom com o maridinho, uma boa garrafa de vinho, muito rodízio de fondue, caldos e pousadinhas na serra com lareira porque não sou de ferro né?

E vocês o que fazem no inverno?

Beijos!

Página 1 de 3123