7 Anos de Casados
Rojo Tango
Alongamento de Cílios
Água Saborizada

Confesso que nunca dei muita atenção para minha lavanderia. Mesmo morando em uma casa onde tenho um espaço reservado só para ela, bem iluminado e bonito, nunca parei para dar aquela ajeitada especial que ela merece. Então comecei a pesquisar umas ideias baratinhas e fofas para decorar esse espaço tão cheiroso da casa…

Encontrei umas ideias bem legais que vale a pena dividir com vocês.


Já pensaram em usar essas sapateiras de porta como suporte para produtos de limpeza?



E usar aquelas escadas de madeira velhas com um cabo de vassoura como uma arara para colocar as roupas passadas?



Essa ideia é a minha favorita e dá para fazer em casa. Se você não tem paciência ou muitas habilidades, com certeza tem alguém na sua cidade que faça um artesanato assim. É um quadro fofo com espaço para você pendurar as meias solitárias que perdem seus pares nas lavagens da vida, um pote para guardar as moedas que ficam no fundo dos bolsos e um porta-treco para qualquer outro cacareco que surge nos bolsos.


lav03

Dar um up no visual da nossa querida máquina de lavar com washi tape ou bolinhas adesivas (dessas que a gente compra para fechar envelopes).


lav02

E o último item é maravilhoso, lindo e super útil: um quadro para você mandar imprimir e pendurar. Nele tem todas as legendas daquelas etiquetas nas nossas roupas que nunca sabemos o que querem dizer!


lav01

Clica na imagem e irá abrir em tamanho grande. Basta salvar e mandar imprimir, ok?


Já estou revolucionando minha lavanderia aqui. Quando ficar pronta eu mostro para vocês. Vocês me mostram o cantinho de lavar roupa de vocês também? Me mandem as fotos lá pelo face do blog, vou adorar conhecer um pedacinho do lar de vocês!


Talvez você nunca tenha escutado falar nisso. Eu mesma só conheço isso a uns dois anos e mesmo assim só tomei coragem de experimentar agora. Saiba que ele existe desde a década de 30 e tem sido difundido bastante agora aqui no Brasil.


O coletor menstrual nada  mais é do que um copinho de silicone hipoalérgico e antibacteriano (silicone cirúrgico), ajustável ao corpo e que coleta o sangue da menstruação. Ele é maleável, o que facilita na hora de colocar e diferente do absorvente interno, que é inserido ao fundo do canal vaginal, o coletor fica na entrada da vagina.



Vantagens do coletor sobre os absorventes:
– Não causa assaduras ou alergias;
– Mantém a umidade natural do canal vaginal;
– Não há risco de síndrome do choque tóxico, como há com absorventes internos;
– O sangue não entra em contato com o ar, então não fica com aquele cheiro ruim característico;
– É muito confortável, dá até para esquecer que você está menstruada;
– Pode ser usado em qualquer ocasião, inclusive para nadar e ir à praia, e não tem cordinha;
– Um coletor pode durar até 10 anos;
– Você não precisa sair todo mês para comprar absorventes e nunca é pega desprevenida;
– A longo prazo, há uma grande economia com a compra de absorventes;
– Não gera lixo; é ecologicamente correto;
– Não é testado em animais;
– Muitas mulheres relatam diminuição do fluxo e da quantidade de dias da menstruação;
– Não precisa tirar pra fazer xixi ou cocô. São canais diferentes e independentes. Caso você sinta algum desconforto pra fazer xixi, a sua bexiga parece sensível… Melhor você adquirir um coletor mais molinho ou virar o seu do avesso (fica mais mole) pra aliviar a pressão.

Fonte: Grupo Coletores Brasil



Vamos partir do ponto que você é uma mulher moderna, conhece seu corpo, não tem nojo de você mesma e entende dos malefícios que os absorventes podem trazer (alergias, mau cheiro, proliferação de bactérias)…


A grande questão levantada pelas mulheres é quanto a tamanho e como colocar. Antes de comprar o meu eu pesquisei muito sobre esses aspectos. A marca Fleurity estava com uma boa promoção: dois coletores por 79,90 e frete grátis. Comprei o modelo 2 (para mulheres sem filhos e/ou abaixo dos 30 anos).



Chegaram e são lindos. Porém chegaram bem no fim do meu ciclo e esperei o próximo para testar. Higienizei ambos como o manual explica e pronto.


Existem várias dobras que podemos fazer para facilitar a colocação. Pesquise a respeito (vem algumas no manual), veja no youtube ou no facebook… Essa é a parte que mais gera medo. E não adianta, quanto mais nervosa ou tensa você estiver, pior será o resultado.


Então relaxa, escolhe uma dobra do seu agrado e poe para dentro. Tem dobras que deixam ele com o diâmetro de um OB, ou seja, ele cabe!
Vai abrir (desfazer a dobra) e criar um vácuo lá dentro (calma, não dói nem incomoda).



Está posto seu coletor.



Dependendo do seu fluxo você precisa ir esvaziar de tempos em tempos, podendo ficar com ele até 12 horas direto. Esvaziou (no vaso, na pia, no chuveiro…), lava com água e sabão neutro e está pronto para ser colocado novamente.


É simples, é higiênico e é muito melhor do que absorventes.


Quando colocado corretamente (o que não é difícil- na verdade ainda não entendi como conseguem por isso errado) você ganha uma liberdade enorme. Poder dormir sem calcinha naqueles dias é uma delas. Fazer exercícios ou ir na praia sem preocupação também. Usar roupas brancas ou justas. Acreditem em mim: você esquece que está naquele período do mês.


Ele fica tão bem acomodado dentro de você que é impossível senti-lo. Nem quando você espirra! Isso é maravilhoso, porém tem uma pegadinha. Afinal se você esquece que está com ele, você esquece de ir esvazia-lo. Então para as cabeças de vento como eu: alarme de celular. Nos primeiros dias coloco para tocar de 3 em 3 horas e depois de 6 em 6. Menos quando durmo. A noite não tive problemas de vazamento. Esvazio antes de deitar e depois só quando acordo e fica tudo bem.


Virei fã do copinho e indico para todas. Vale muito a pena. Não se assustem com alguns relatos que pipocam no facebook. O corpo humano é complexo e diferente em cada pessoa. Comigo não houve problema algum, deu tudo super certo, não vazou, não doeu, não ficou grande nem pequeno.


Pode conversar com seu médico sobre o coletor. Ele vai tirar suas dúvidas mais sérias e te deixar tranquila.


Tem mais informações aqui oh!


Fico triste de não ter me rendido antes. A liberdade que o coletor te dá é indescritível.


Tenho certeza que você tem alguma dúvida que eu não falei aqui… Deixa no comentários que eu respondo, ta bom?


Espero ter ajudado vocês a pensarem no assunto e quem sabe tornarem adeptas do copinho também!

 

Já tem mais de um ano que estou em processo de reeducação alimentar. E esse processo me mostrou como poderia viver muito melhor fazendo pequenas mudanças na minha alimentação diária. São trocas que fazem muita diferença na saúde e não sacrificam os sabores dos alimentos.


Vou tentar uma vez por mês fazer um post aqui mostrando um pouco de como está sendo implementar essas mudanças na minha vida. Porque a gente sabe que dieta não adianta. Só faz a gente ficar de mau humor. O que de fato trás mudanças permanentes é a mudança de hábitos. Porém tenho uma vida bem normal e corrida como a de muitas vocês. Não tenho cozinheira, nem tempo a perder na cozinha. Aqui em casa eu e marido dividimos todas as tarefas do lar, afinal os dois moram aqui.


Uma das principais mudanças na minha vida foi tentar ao máximo abolir o glutamato monossódico da minha vida. Meu paladar era totalmente intoxicado por esse composto que podemos encontrar em praticamente todo o alimento processado que comemos. E como me livrar disso? Simples: alimentos fresco. De preferência feitos em casa. Ainda tem muita discussão sobre os malefícios do glutamato monossódico na ciência, porém na minha vida ele era um puta veneno. Uma vez que diminui a quantidade da ingestão dele a quase zero, limpei meu paladar e passei a apreciar muito melhor a comida.


Aqui você pode ler um pouco sobre esse veneno tão gostoso.


Fonte: dietetica.com

Bom a primeira mudança foi trocar todos os temperos prontos por temperos naturais.

07
Também passei a usar o sal light com menos sódio para fazer o meu sal de ervas.

09

Ensinei a fazer aqui.


Apostei nos temperos naturais do Pitada Natura, vou todo mês em um casa de grãos aqui da minha cidade e compro especiarias fresquinhas e SEMPRE LEIO O RÓTULO de tudo que vou comprar. Essa é a dica de ouro. O objetivo das propagandas é te enganar para achar que tudo te faz bem. Não é assim. Quase tudo que tem ‘fit’, ‘light’, ‘detox’ na embalagem não tem de bom para você dentro.


Ervas frescas, cebola, alho, pimentas diversas, orégano, curry, temperos naturais, sal rosa do himalaia, sementes de mostarda, canela, páprica, limão em pó… Tudo isso vai te ajudar a fazer uma comidinha bem gostosa, sem intoxicar o paladar e fazer estragos na saúde. Caldo de carne, frango ou legumes, dá para fazer em casa e congelar em forminhas de gelo para quando quiser usar. Basta você tirar um dia do seu mês para deixar essas coisinhas prontas.


Vocês têm alguma dica de tempero natural? Eu amo temperar muito a comida. Me sinto uma bruxa. Você faz a comida, ae põe uma pitada disso, um pouco daquilo, uma colher daquele ali… Pah! A comida fica deliciosa!!!Pura mágica…