7 Anos de Casados
Rojo Tango
Alongamento de Cílios
Água Saborizada

00
Se tem uma coisa que eu sempre faço é uma noite de fondue, com vinho, velas e música. Eu e marido adoramos essa vibe de clima europeu e sempre que o tempo esfria (mesmo que isso seja 22º) acabo fazendo. Muita gente acha que fica caro ou dá muito trabalho. Mas depois que você pega o jeito e aprende as manhas não fica nem tão trabalhoso e nem tão caro. Vou dividir com vocês alguns dos meus macetes e receitas para quem se animar fazer algo parecido no dia dos namorados…

Para quem não conhece o fondue é um prato de origem suíça, originalmente à base de queijo aquecido sobre um rechaud, ou outra fonte de calor pouco intenso e do qual as pessoas se servem diretamente. Consiste basicamente em uma mistura de queijos (normalmente dos queijos Gruyère e Emmental) fundidos com vinho (ou, como na receita original, a Kirschwasser alemã), que vai à mesa acompanhada de pedaços de pão, batatas e cenouras. Esses acompanhamentos devem ser mergulhados na fondue com um garfo comprido para ficarem cobertos com o queijo fundido. Além da fondue de queijo, existem algumas outras variações, como a fondue de chocolate e carne, a fondue chinesa (fondue chinoise), feita à base de carnes, peixes e legumes, fervidos num caldo de carne com diversas especiarias, a japonesa (sukiyaki) e a vietnamita.

01
Respeitando o paladar de cada um, aqui em casa gostamos de fazer a sequência de queijo (com batata calabresa, pão de ervas, tomate cereja e goiabada em cubos como acompanhamentos), depois o de carne com batatas coradas (a rostie dá muito trabalho para fazer e quase nunca me animo a por a mão na massa, prefiro ficar curtindo a noite romantiquinha com o marido) e depois a sobremesa é um doce qualquer feito no dia anterior (afinal eu não gosto muito de chocolate e meu marido não gosta muito de frutas, então o fondue de chocolate para a gente não faz muito sentido).

Vamos começar pela minha receita econômica para a mistura do fondue de queijo.

-1 caixa de creme de leite;
-500g de requeijão cremoso (que vende em bisnaga);
-150g de gorgonzola;
-200g de provolone;
-100g de queijo prato;
-5 dentes de alho laminados;
-3 xícaras de vinho branco;
-Pitada de sal de ervas.


Conforme for engrossando no rechaud, vou acrescentando vinho branco. Essa mistura fica deliciosa, mas por aqui gostamos muito do sabor do provolone com gorgonzola. Se você tem um paladar mais sutil, sugiro queijos mais delicados. Essa receita custa em média 60 reais e rende uma panela média.
Os pães eu corto em cubinhos e ponho para aquecer no forno (180º) com um fio de azeite, as batatas calabresas levemente cozidas e tomatinho cereja em temperatura ambiente.

Para acompanhar prefiro um vinho rosé. Para mim o melhor custo- benefício são os da Casa Valduga.
Bons preços e  D E L I C I O S O S.

02
Na sequência da carne, começo diferente, pois não uso a panela com óleo para fritar a carne. Uso uma pedra sabão (comprada em Gramado) que frita a carne sem usar nenhum tipo de gordura, não gruda, não faz aquele cheiro de fritura horrível, permite que você controle melhor o ponto da carne e a deixa muito mais saborosa.

04
Normalmente faço com filet mignon, mas se a grana estiver curta, dá para fazer com contra contrafilé, alcatra e até chã de dentro em cubinhos ou tirinhas.
Meus molhos favoritos são:

-rosé (ketchup, mostarda e maionese);
-iogurte com alho;
-mostarda djon com mel;
-chimichurri.

Como já comentei, a batata rostie é um clássico acompanhamento, mas dá um trabalhão fazer, teria que ir pra cozinha entre um fondue e outro, essa não é a ideia. Prefiro deixar tudo pronto, me arrumar e ir jantar com meu marido, sem precisar ficar cozinhando no intervalo. Então faço umas batatas rústicas assadas e sirvo junto com o de carne e fica tudo bem…
Sempre deixamos a panelinha do de queijo na mesa para ir passando a carne no restinho do queijo que sobrou… Fica um fondue à parmegiana.
A sequência fica entre 40 e 80 reais, dependendo da carne que você comprar.

05
O vinho escolhido foi o tinto (nosso favorito) e ele harmoniza super bem com toda essa comilança!

E na sobremesa fomos de pavê de Oreo:

06
Essa receita foi uma mistura de várias outras que vi na internet e ficou assim:

-3 pacotes de biscoito Oreo (abre cada biscoito e separa o recheio da bolacha);
-1 caixa de creme de leite;
-2 gemas;
-1 lata de leite condensado;
-1 barra de chocolate 70%;
-1 pacote de biscoito maisena;
-canela a gosto.

Triturei o biscoito maisena até formar uma farofinha e salpiquei canela.
Misturei o recheio do Oreo com creme de leite e as 2 gemas em fogo baixo.
Derreti o chocolate no leite condensado.
Montei uma camada de farofa, uma de creme branco, uma de farofa, chocolate meio amargo e joguei os biscoitos quebrados por cima!
Ficou muito bom e custou quase 30 reais.

Nossos vinhos (e todas as bebidas que consumimos nessa casa) são compradas na Adega Cocoricó, que fica aqui no nosso bairro, tem preços ótimos e uma variedade absurda. Super recomendo.

Nessa altura eu já estava bem altinha e só tomei água com gás mesmo…

07
Assim foi nossa noite de fondue que consegui registrar bem em fotos para mostrar para vocês. Fizemos no nosso jardim, colocamos uma lista de jantar romântico no Spotify, acendemos umas velas de citronela (ajuda a espantar os mosquitos) e jogamos papo fora a noite toda, rimos, comemos e por umas horas esquecemos das coisas ruins desse mundo e só existia eu e ele. <3

Se ficou alguma dúvida, pode mandar pelos comentários que eu respondo tudinho!!
Espero que tenham gostado das dicas….

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...