7 Anos de Casados
Rojo Tango
Alongamento de Cílios
Água Saborizada

Fiz um post sobre algumas regrinhas que sigo para render bem trabalhando de casa (clica aqui para ver). Devido ao sucesso resolvi falar mais sobre o tema. Afinal o que não falta é assunto…



Então você trabalha de casa. Além de ter que passar pelo preconceito de várias pessoas que acham que só porque você está em casa você não faz nada, é preguiçosa e não entendem porque você não arruma um “emprego de verdade” (?) temos que enfrentar contratempos que nem sempre conseguimos contornar.

Por aqui a internet é parte crucial para o trabalho sair. Claro que produção de artes no geral podem ser feitas sem a internet, mas gosto sempre de pesquisar algum elemento, inspiração e afins. Ou seja, sem internet eu paro! E minhas contas não param de chegar. A solução foi investir em um bom planos de 3g do celular, de uma operadora que pega bem no meu bairro e quando meu provedor me deixa na mão eu faço o maior escândalo mas ainda assim consigo produzir pelo 3g e não deixo de cumprir nenhum prazo.

Ficar doente é outro problemão. Tem muito cliente que não entende que não é porque estamos em casa que estamos repousando e certas condições de saúde pedem que fiquemos na cama, sem acesso ao computador ou afins. De novo as contas não param de chegar. Então ao menor sinal de problema de saúde aviso aos meus clientes que posso ficar um pouco ausente, vou ao médico e resolvo antes que vire algo mais sério que me deixe de molho. Tenho muitas alergias e os remédios sempre dão muito sono. Não luto contra isso não. Afinal é meu bem estar. Tomo o remédio e tiro um soninho de uma hora (as vezes um pouco mais…heheheh) mas tenho o compromisso de quando acordar fazer tudo que pausei e só volto para a vida quando termino.  Agradeço por ter essa possibilidade e fico pensando em como seria super ruim ter que trabalhar em um escritório cheia de alergia ou então caindo de sono por causa dos remédios. Normalmente esse pensamento me dá forças para terminar o que ficou pelo caminho depois do meu cochilo…


Redes Sociais: ahhhh. O terror de entrar rapidinho no facebook e perder 3 horas de trabalho. Quem nunca?! Existem alguns aplicativos que ‘brigam’ com você quando passa muito tempo nas redes sociais e não trabalha (tem alguns aqui). Mas confesso que não uso nenhum. Me considero adulta o suficiente para ser responsável pelo meu tempo. Entendo bem que se eu enrolar muito vagando pela internet, quando chegar a noite e meu marido quiser me levar para sair ou ver um filme não poderei ir. Vale o bom senso né?  Vamos usar a liberdade de trabalhar de casa de forma responsável e justa com a gente e com quem nos paga.


Problemas pessoais… Todo mundo tem. Mas e quando sua tia te liga e fica horas no telefone contando tudo que rolou na última festa do seu priminho na escola?! Ou seu cachorro pega uma alergia que faz ele ficar todo irritado (isso aconteceu aqui)?! Como fica o trabalho?
O trabalho fica onde tem que ficar. Seja enfática e diga para a tia no telefone, a vizinha na porta, o amigo no whatsapp ou seja lá quem for: agora estou trabalhando e não posso te dar a atenção que você merece. Vamos conversar outra hora?
As pessoas precisam entender que não é porque você está em casa que você está atoa.



Quanto ao filho doente, o cachorro com alergia, o cano que furou, a tomada em curto : emergências acontecem e não devem ser negligenciadas. Pare por um momento, decida o que deve ser feito para que aquela situação seja resolvida. Avise seus clientes e chefes que teve um problema muito sério pessoal para resolver, peça desculpas e diga que retornará a suas atividades em breve. Eles vão te dar o feedback se podem ou não aguardar. Tente sempre entrar em um acordo de forma amigável com eles para estender um pouco o prazo ou indique alguém que possa fazer o trabalho em seu lugar. Nesse momento vale pensar que com um problemão em casa você não irá se concentrar direito no trabalho, provavelmente irá sair mal feito e sua imagem ficará com uma mancha sem necessidade.


Meu conselho é ser sempre muito sincero. Porque escritórios também ficam sem luz, sem internet, computadores travam ou o sistema cai.


Trabalhar em Home Office é um desafio constante nessa cultura em que vivemos onde escritórios e salas empresariais são o mais comum.
Semana que vem vou falar mais sobre o assunto. Se você tem alguma dúvida deixa aqui para mim que eu respondo no próximo post ok?



Beijoooos


 
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...